14 julho 2006

truque velho e tosco

Jorge Bornhausen, presidente do PFL, pensa que ofendeu o Partido dos Trabalhadores ao dizer que “o PT pode estar manuseando, manipulando essas ações", referindo-se à nova onda de ataques do PCC em São Paulo. mas este senhor ofendeu foi a minha inteligência. numa situação tão grave como esta (estão pensando que estes caras vão negociar em troca de uma pizza de calabresa?), vem um senador da República (!!!) ofender a minha inteligência de pinta.

Jorge Bornhausen, mais fisiológico que soro de farmácia, já foi ministro da Educação. e, quando a gente lembra disso, muita coisa começa a fazer sentido neste país.

6 comentários:

Graziana disse...

Inacreditável.
Deviam pensar uma forma de resolver estes ataques do PCC ao invés de ficarem trocando farpas por aí.
Lamentável esta declaração do Birnhausen.
E estamos no início da campanha eleitoral, imagina o que vem por aí ainda...

Sean Hagen disse...

*


como pode um nazistóide totalitário ser senador da república.
esse sul maravilha ele cada um também.



*

Orlando Tambosi disse...

O que disse contra o PT, seja quem for, eu acredito. A ficha criminal é vastíssima.

Beijo

Sean Hagen disse...

*


acho extremamente perigoso fazermos generalizações descontextualizadas.

essas visões totalitárias do senso comum, onde só há 'tudo' e 'nada', incentivam a cultura do 'deixa assim' ou do 'não posso fazer nada'.

e conformismo, convenhamos, é tudo o que a política falcatrua quer.

por essa lógica - e sendo extremamente preconceituoso - eu diria que o pfl é aquela mocinha que se vende pela melhor oferta: um dia pode ser dé real e no outro, um quilo de mandioca.


*

> [ eRRuD!tO ] ... disse...

A prova de que é mesmo o fim dos tempos é que todos os nazistas e bolhas serão reconduzidos à Câmara. Só isso.

Thelma disse...

Yessssss!!!!!!