12 dezembro 2006

ah, o poder!!!



o poder é um lugar que algumas pessoas anseiam – desesperadamente – por habitar. a disputa patética por estes lugares acaba por revelar se estamos lidando com pessoas com quem se pode dialogar ou se estamos lidando com meros idiotas.

sempre admirei quem sabe abrir mão de um lugar que os outros reconhecem como poderoso quando percebe que aquilo simplesmente não lhe serve ou não lhe diz respeito. admiro as mentes alargadas, das quais falava Kant, em oposição às mentes estreitas que se comportam como hienas diante de um vislumbre de poder.

mas ainda fico perplexa quando vejo o quanto o ser humano pode estar agarrado a coisinhas, sem perceber que a gente se mede por aquilo que julga ter valor. se eu luto desesperadamente por um lugar idiota, que espécie de pessoa eu posso ser, senão um idiota desesperado?

o mundo é um pandeiro que gira, gira, gira. e, quando gira, sempre compõe um quadro de quem gira com ele.

6 comentários:

Graziana disse...

tem pessoas que só sabem dar valor pra este tipo de coisa, poder, poder e mais poder...
não sabem eles que o que importas mesmo, são as coisas simples do mundo ;)

Maroto disse...

Como se não bastasse se matar para ser o rei do monte de merda, tem gente que ainda fica feliz quando descobre que se ficou fedendo

Sean Hagen disse...

*


isquindô isquindô!
olelê olelê!
quero ver essas bundas grandes e enferrujadas só no sapatinho.
vou largar umas bolas de gude no chão pra ver como elas se saem.
óinc!


*

Ana disse...

Bom... Também sei de pessoas a quem qualquer tipo de poder assusta... A possibilidade de ficar em evidência, ter de tomar decisões, liderar, são tipos de poder que podem ser absolutamente aterrorizantes...

Nanachara C. disse...

"Quanto maior o poder, maior o perigo de abuso". (Edmund Burke)

Leonardo disse...

Discutir poder? Só na Liga da Justiça!! :D