11 abril 2007

que legalzinho

é tão legal viver no Brasil, este país que vai pra frente, não tem vulcão e não tem terremoto. leio na IstoÉ que Delfim Netto foi convidado para assumir a presidência do BNDES. achou legal? tem mais surpresinha pra você. a indicação de Delfim (belisque-se) é da cota de Orestes Quércia. achou legalzinho? ah, eu também achei. fico super hiper mega tranqüila quando vejo o governo Lula loteando cargos com este pessoal da ditadura, do milagre econômico e da banda podre do PMDB. dá um toque, sei lá, de tradição. e sabemos que o Brasil tá muito precisado disso. o único probleminha a resolver, parece, é que o Delfim estaria exigindo retirar todos os petistas do BNDES. huuummmmm... não, não deve ser problema. com um presidente que nem petista é mais, para que o partido iria querer manter técnicos em lugares pouco importantes como o BNDES?

como viver no Brasil é sempre uma emoção, leio no blog do Fernando Rodrigues que hoje a Câmara dos Deputados iria discutir duas coisinhas irrelevantes. primeiro, o aumento da verba de gabinete de R$ 50.800 para R$ 65.100 por mês. coisa pouca. segundo, a redução da estafante jornada de trabalho. agora, os deputados não devem mais trabalhar às segundas-feiras. a semana começa terça e acaba quinta. três dias, né, gente? teeeerrrrça, quaaaarrrta e quiiiiinnnnta. ah, não sejam implicantes. dá pra fazer um monte de coisa em três dias. se a gente lembrar que eles estão propondo aumentar o próprio salário, fica tudo bem legalzinho.

11 comentários:

Leonardo disse...

e ainda tem nego que me pergunta se eu vou voltar...

Graziana disse...

enquanto isso traficanes estão jogando granadas pelo RJ;
pessoas estão morrendo de fome;
etc, etc

além de tudo o RS em crise!
Yeda cortando tudo que pode...novo jeito de governar?

a saída do Brasil nem está mais no aeroporto, só se a gente tiver calma de esperar vôos atrasadíssimos e coragem de andar de avião com todo este caos instalado :S

Rosamaria disse...

os aumentos previstos:

Lula; 82,8%
deputados federais: 26%
aposentados:3,3%

proporcional às horas trabalhadas, ué!

Ana disse...

Bahhhhh!

É tudo tão "legalzinho"... Eles dão um jeitinho e tudo funciona!

E eles são tão iguais, não interessa a que partido pertencçam!

Lu disse...

Minha irmã, que mora em Brasilia e trabalha no Min. dos Transportes, me conta cada uma. Este negócio de não trabalhar na segunda e terminar a semana na quinta já funciona há muito tempo. Ela como é uma "Caxias", mesmo sendo CC, trabalha horrores. Espero que continue assim e não se contamine com as mordomias. Já eles... eles podem claro!

cida disse...

Essas coisas muito "Legais" me entristecem muito. Para onde se olha se vê desonestidade e falta de ética.Quando isso mudará?

ederson disse...

Pois é... cada vez mais sinto vontade de morar na Zâmbia. Nos finais de semana ainda posso dar uma esticadinha e visitar a Tasmânia ou o Malaui. Vou providenciar passaportes...

Chawca disse...

FAÇA O QUE QUISER, POIS É TUDO DA LEI,,,,
E SE NÃO FOR, A GENTE VOTA UM PROJETO E RAPIDINHO PASSA A SER...

Eu não sei, você sabe? disse...

Se não levar na "patifaria" seria incompatível com a vida....Legauzinho eu diria.


beijo!

Zeca La-Rocca disse...

Ouvi Ary ao fundo,

na voz da Elis!

bjossss

>> [eRRuD!To] ... disse...

e será que o delfim vai usar o mesmo óculos aquele? será?