12 julho 2007

o que você faz?

a questão é: você precisa fazer uma coisa importante. seu prazo acaba em três dias. dificilmente sairá algo que preste.

o que você faz?

(a) desliga o telefone, dorme apenas três horas por dia, alimenta-se de bolachas e suspende o banho, pois cumprir o prazo é sua meta.

(b) alardeia para o mundo que estará off nos próximos dias, tranca-se em casa para ver filmes e contrata alguém para fazer o trabalho por você.

(c) sabendo que o tempo é relativo, suborna os Deuses dos Dias e das Noites para liberar mais uns dois dias (só para você) no meio destes três que já existem.

(d) relaxa e faz o trabalho sem se preocupar muito. a qualidade é inerente a tudo que você toca. não existe isso de “dificilmente sairá algo que preste”. sua mãe disse que tudo que você faz é bom, e ninguém discute com mamãe.

(e) desiste e sai para beber com os amigos. ninguém vai dizer para você o que você deve fazer, muito menos quando. e a vida é mais do que apenas cumprir prazos capitalistas, imperialistas, ianques e maus.

(f) faz outra coisa. se for publicável, diga.

23 comentários:

>> [eRRuD!To] ... disse...

a pessoa num drama e dai entra na sala aquele sujeito que ouve o seu lamento. ele sorri e diz:
- quantos horas têm o seu dia?
você lembra que é educado e responde:
- vinte e quatro
- igual ao meu - retruca o sujeito, fazendo a volta e rindo da sua cara.
e depois as pessoas não entendem porque os índices de criminalidade andam tão altos.

Maroto disse...

(d) relaxa e faz o trabalho sem se preocupar.

Mas não porque as mães tenham razão - elas não têm. Porém os malditos dos prazos sempre acabam sendo adiados, pra vantagem de quem não se importou muito. No mais das vezes, quem leva a sério fica com cara de besta.

Adriana Amaral (Lady A.) disse...

ta ai a urubua tem razão

Solon disse...

eu vou de opção "a". até porque o sono depois de três dias dormindo mal fica ainda melhor com a sensação de ter tirado este peso das costas, tendo feito tudo que se podia.

Alex Primo disse...

Em qual opção se insere: fechar o blog, não ler e-mails, não entrar no Pownce?

Sean Hagen disse...

*




B





*

marcia disse...

Reges, você é educado. no meu atual desespero, eu diria "por que você quer saber??????". :P

Marotinha, pior. mas minha mãe disse que eu vou conseguir. e ninguém discute com mamãe. piu.

Lady A., ela sempre tem razão. já notou?

Solon, vai ser minha opção. mas vou tomar banho. e pentear o cabelo. e escovar os dentes. juro.

Alex, vício é uma coisa que exige tratamento. conhece alguém especializado?

Xon, é minha opção patife preferida. pena que mamãe me fez responsável. odeio mamãe. nhé.

rogerio christofoletti disse...

Eu, se fosse vc e se tivesse todo esse poder, alargaria os prazos, decretando novas datas. Ainda por cima, mandaria alguém fazer os trabalhos mais maçantes, enquanto devoraria alguns quitutes em pubs com amigos. No mais, tudo sairia perfeito e vc até gostaria dos resultados no final...
ajudei?

Luís Felipe disse...

f) bebe litros de café, alterna momentos de desespero total com resignação absoluta, bota em prática todas as grandes idéias que tem - em momentos de desespero sempre surgem idéias - não dorme, não se olha no espelho e toma longos banhos para relaxar, de preferência às 3 da manhã.

é uma versão mais light da a).

Cátia disse...

Márcia,
Situação difícil, mas eu fico com a E.
bj

Laurinha disse...

Quem vai aos deuses sendo um deles?

Esquece as opções e congela o tempo... Ele fica lá, paradinho!

Tic, tac...

sapollium disse...

nussa, tu tá viva!

rodei numa cadeira. nem vou dizer qual é.

sapollium disse...

ah, respondendo.

Eu me atolo na merda. Ou melhor, navego.

Rosamaria disse...

queres um colinho?

marcia disse...

Rogério, poder é uma coisa muito feia de se usar em benefício próprio. mas já tenho SETE páginas do artigo (meu deus, que desespero).

Luis Felipe, gostei. principalmente a parte de não olhar o espelho. :P

Cátia, tô quase aderindo, sabe?

Laura, fica aí humilhando só porque já mandou seu artigo. é, eu falei com o deus que acessa o sistema. ele me contou. piu.

Sapinho, eu acho que sei qual é a cadeira. Freud explica: vai ter que fazer de novo, entende? :P

Rosa, eu quero. tá frio. tô com sono. tô com fome. tô com dor nas costas. minha mesa tá cheia de livros e textos. os autores brigam entre si e brigam comigo. o artigo avança a passos de formiga. ah, eu quero. nhé.

Leonardo disse...

"vai ser minha opção. mas vou tomar banho. e pentear o cabelo. e escovar os dentes. juro."

pinta agora tem dente??

marcia disse...

Little Lion, é dente de leite. :D

Maitê disse...

Marcia, que nada. Eu funciono sobre pressão. Acho que vc vai ter mais foco. Dai teu racíocinio vai ter que ser mais lógico, entende, mais ágil. Vai que dá!

Abs

laurinha disse...

Tic-tac, tic-tac!
Quer ajuda???

:D

marcia disse...

Maitê, thanks. vai ter que dar. agora, se o artigo vai ficar bom, isso são outros quinhentos. :(

Laura, tem umas roupinhas pra lavar e umas comprinhas pra fazer. será que rola? :P

laurinha disse...

Hum... Eu devo ter lavado uma tonelada de roupas já, hoje! Mas pode mandar!!! Quando as compras, eu passo! Hoje não tem o que me tire de casa... Hahahhaha

Fabi disse...

Nossa, me lembrei dos tempos da faculdade, quando tinha vários trabalhos pra entregar, meu desespero era tanto que eu deitava pra assistir sessão da tarde! hahaha

Hoje, escolho um e faço até o fim.

Lu disse...

Sou meio neurótica com compromissos, então fico na letra A, nem vejo outras opções. É fazer ou fazer. Mas com certeza vou ter que driblar um tempinho pra dormir...hehehehe