07 agosto 2007

can$adinha


Bira e Cláudia, blog Dialógico

ai, gente. eu também can$ei. este país tá muito mais ou menos. de repente decidiram umas coisas super estranhas. tipo, que todo mundo tem que ter luz. juro que não entendo isso. por que gente que mora láááááá no interiorzão precisa de luz? pra quê, me diz? pra ver uns programas na televisão, só pra gerar vontade de vir pra cidade grande? faz até mal pra eles, eu acho. quer coisa mais bonita do que dormir cedo, quando o sol se põe, ou ficar todo mundo conversando em volta de um foguinho bucólico, a família reunida, um violãozinho? é até romântico. olha, luz acaba com casamento. tô avisando.

outra coisa que tá me deixando can$adinha é esta coisa de querer erradicar analfabetismo. eu fico passada. eu, por exemplo, não leio nada e não me faz falta. todo mundo sabe que é tão linda esta tradição oral, de contar história de pai pra filho. isso vai acabar, puxa. aí fica todo mundo querendo ler, cada um se enfia nos seus livrinhos e pronto, lá se foi a convivência. isso é um crime.

e can$ei também desta corrupção. isso nunca foi assim, nunquinha. isso começou agora, neste governo. eu sei do que eu tô falando, não sou alienada. eu sei que agora, neste governo, é que o dinheiro não chega onde tem que chegar, é desviado no meio do caminho. e que empresários dignos tentam comprar os favores do governo. coisa triste, gente, empresários de bem sendo obrigados a oferecer propina para estes funcionários melequentos.

eu também sei que o Lula criou a CPMF com a desculpa de que este dinheiro ia garantir uma saúde pública melhor para todos os brasileiros e as brasileiras. hum... a Maricleide tá aqui ao lado, espanando meu vaso Ming, e disse que não foi o Lula, foi antes. hahaha... vê se pode. Maricleide, quem te deu permissão de falar? sai pra lá, que eu tô escrevendo uma coisa importante no meu blógui agora.

ai, será que vai ter bastante gente bonita no encontro do dia 17? assim, vai ter um monte de bons partidos, néam? tipo, gente bem. será que eu vou sair na Caras? ai, meu deus, faltam menos de dez dias. vai dar tempo de me preparar? preciso fazer um check list. mas sem peruagem, que eu odeiiiioooooo peruagem. legal que vou poder mostrar o silicone novo. hum... será que dá tempo de dar uma retocadinha nas pálpebras? tô me achando meio caidinha. também, sempre acordando antes do meio-dia. aahhh!!! e que sapato é adequado pra isso, cristo? vou ter que ligar pra minha personal. ela vai vir aqui a-go-ra. cadê meu celularzinho? esqueceu de novo na Bugatti, avoadinha?

ai, que nervoso que me dá. não participo desses atos de cidadania desde que a Regina me chamou pra assinar aquele manifesto do medo. eu disse pra ela: “Rê, cê tem certeza que isso vai dar certo, amor?”. ela jurou que era seguro. olha só no que deu.

falando na Rê, sabe do que eu tenho medo, mesmo? que no dia 17 encha de gente nada a ver, sabe? tipo assim, gente do povo. não é que eles não possam. é que eles não estão preparados para entender este momento cívico. na verdade, não deveriam nem votar ainda. a gente ainda está engatinhando na democracia. se o voto fosse uma coisa reservada só aos bem informados, este país não estaria esta bagunça. e eu não estaria tão can$adinha. ai, cristo. onde está meu celularzinho? o dia 17 está chegando, eu preciso ligar pra minha personal stylist agora. Maricleide, vai ali na Bugatti e vê se tá lá? mas põe uma luvinha pra não arranhar. desculpa, gente. vou ali repousar. can$ei.

21 comentários:

MC disse...

minuto de silêncio é o que viemos fazendo há séculos, pois não fazemos nada pra mudar mesmo. de que adianta um minuto de silêncio? garanto que durante essees 60" de babaquice vai ter neguinho aproveitando pra roubar celularzinho e arrombar bugattinhas.

“Com o silêncio, a sociedade poderá expressar sua solidariedade e indignação de forma pacífica, equilibrada e organizada”.. e vai adiantar em que? vai ser lindo ver um monte de celebridade, no mínimo todas de branco (pedindo paz) ou preto (expressando luto) plantadas no meio da rua pensando no quanto ganharam para ficar plantadas ali por um minuto. lamentável.

agora dá licença que eu vou fazer uma chapinha e trocar meu esmalte que lascou numa unha e eu já tô histérica!

Maroto disse...

cês são do contra mesmo, né? Eu acho é pouco, eu queria ver era um mega-movimento por um mês de silêncio. Inclusive nas editorias de Caras.

sylvia moretzsohn disse...

Pra mim a melhor síntese foi a charge do Angeli, na Folha de 29 de julho, "a elite protesta contra o estado das coisas": um bando de peruas e... como chamar os homens? perus? enfim, um bando da "elite" de mãos pra cima agitando seus relógios e pulseiras: "agora, todo mundo chacoalhando as jóias!"

MC disse...

ahahahahahahahahahahah "chacoalhando as jóias" tá ótimo :P

Laurinha disse...

Oh, mundo cruel... :P

Rosamaria disse...

tu és o máximo, pinta!!!!

Reges.ts disse...

oi pinta. por acaso li seu texto e achei muito interessante. foi numa pausa entre um ovo e outro. é que acabou o estoque, passei a manhã na sacada distribuindo claras e gemas na cabeça dos transuntes. Aí prá dar uma espairecida vim espiar a net. também can$ei. agora vou ali ouvir meu CD "O Melhor de Amauri Júnior", em segundo lugar nas paradas de sucesso. Depois talvez espie o Xicão Tofani na TV Pampa.

Reges.ts disse...

hahahahaha
eu de novo!
o "http://blog.cansei.com.br" não permite comentários!!!!
porcausadiquê será?

ederson disse...

hummm... eu comecei o texto até concordando. não acho que levar luz pro interior de Faxinal do Soturno sirva para alguma coisa. Eles vão, exatamente, ficar viciados em ver Márcia, e vão perder horas de vida saudável ao sol.(mas sim, eu entendi que era uma ironia).

agora, acho ótimo que façam um movimento cívico. não serve pra nada? talvez não. tipo passeata contra a violência. mas pelo menos alguém faz algo para mostrar que muitos não estão contentes com esta merda que está este país.

E alguém vestindo um blusão Puma ou alguém com a camisa gasta do PSOL não faz muita diferença, na democracia ensolarada em que vivemos. Ou faz?

marcia disse...

EDERSON,
hum... que movimento cívico, meu fotógrafo? este movimento é totalmente partidário, mas é claro que não se mostra como tal.

vc é jornalista. dá uma pesquisadinha aí, dá. tenho certeza que vc vai encontrar quem tá patrocinando estes caras. se eu encontrei, vc também encontra.

este troço é terrivelmente oportunista, pegando carona numa tragédia que traumatizou o país, e ainda não explicada, para tentar alavancar as eleições do ano que vem.

para estes caras, pouco importa o que vai acontecer. eles não têm proposta alguma, até porque pra eles, do ponto de vista econômico, tá tudo ÓTIMO. os grandes empresários nunca lucraram tanto com esta política tucana do Lula.

e assim... como é que não tem diferença entre um blusão Puma e uma camiseta do PSOL, rapá??? desembucha aí o que foi que tu andou bebendo, que eu também quero. :P

Arnaldo disse...

Excelente texto, Márcia.

Mas nessa amostragem dos que comentaram, já deu pra perceber que teve gente que não entendeu nada. Isso é que me cansa.

Laurinha disse...

Oh, mundo cruel... :(

Chawca disse...

Adorei a ironia...

Leonardo disse...

Neném, eu ia comentar mas aconteceu d'eu ler seu texto bem na hora do meu minuto de silêncio...

Maitê disse...

Pinta. Só quero te dizer uma coisinha, tá Mas que eu falo mal do Lula. Mas eu tbém reclamava de outras políticas, ok? Sempre gostei do Lula, mas perdi o encanto. O nosso lance no Brasil é histórico. Colônia um dia, o país têm muitas dificuldades de se estruturar. Os únicos que deram certo foi a Austrália e os EUA. O resto tá do mesmo jeito. Eu só acho que o Lula tinha que se fazer respeitar mais. Isso eu acho; Abs

Maitê disse...

Assim só queria te dizer, pra vc não pensar que eu sou mais uma nesse emaranhado todo, entende? Um abração

Carlos Eduardo Carrion disse...

Marcinha, mais uma vez fostes brilhante. Um discurso como este é uma jóia. Com bom humor (fundamental), com a exaltação do que se quer criticar se obriga as pessoas a pensar. As pessoas lêem até o final, não param naquela sensação de dejà vu.
O ser humano no final das contas tem poucos medos. O medo do ridículo é um deles. Num post como este o sujeito se identificando se obriga a mudar, pelo menos um pouco.
O autor! O autor! O autor!!!

Flávio disse...

mais do mesmo...
este pessoal do Cansei devia estar ocupado com coisas mais importantes na Daslu, por exemplo, e gazeteou as aulas de história. Desta forma não sabe o que significou a Marcha com Deus pela Família e pela Liberdade, promovida pela TFP - Tradição, Família e Propriedade, em 1964. Talvez o ano seja uma referência para quem não entendeu o que esta marcha significou para o País.
Portanto, Cansei é mais do mesmo e disso estou cansado!!! E antes de mais nada, não que o governo de plantão não tenha suas mazelas, mas uma coisa temos de reconhecer, foi eleito democraticamente e, nesta situação, a democracia agradece.
Flávio Z.

Vini disse...

esse movimento can$ei tem duas das maiores covardias q a direita, em todos os tempos e lugares, sempre fez: não mostrar a cara e se aproveitar de tragédias. o pior é q tem gente honesta caindo no canto da sereia can$ada...

Anna Magagnin disse...

Finalmente um texto interessante sobre a "crise áerea"...
Cansei foi dessa palhaçada que a imprensa tá fazendo...e enquanto a elite não voa o Lula flutua nas graças do povo, q ironia...

Penkala disse...


cadê o comentário que eu coloquei aqui?

enfim...

ãin, tipos... gente nada a ver é muito ruim. aquela gentalha berrando. coisa mais jeca.

odeio gente jeca.

eu sou chique, que nem tu. jogo ovo, mas também jogo rosas. e só nas vagabunda, né? que ninguém merece essas vagabunda andando na rua. ovo nelas! e podre, porque ovo bom, né? tanta gente passando fome, não dá pra desperdiçar ovo bom.

é só colocar no sol dois-três dias e fica prontinho!