01 setembro 2007

cadência

existe alguma coisa assombrosa no terreno dos sentimentos. algo que fica à espreita de seus próprios gestos descabidos. algo de ruídos baixos, quase inaudíveis, que apenas em silêncio se move. e, tão lentamente se move, que nem sempre se percebe esta outra cadência em sua respiração.

5 comentários:

Arnaldo disse...

O que tem de mais assombroso, de mais assustador, no terrenos dos sentimentos, pode ser o que nos cause mais prazer. É que o que é assombroso tem a chance de gerar prazer quando a gente resolve enfrentar nossos medos.

Graziana disse...

teu texto me lembro um samba que a Marisa Monte gravou do Paulinho da Viola, se chama Para ver as meninas, é muito bacana, eu adoro ;)

Silêncio, Por Favor
Enquanto Esqueço Um Pouco
A Dor Do Peito
Não Diga Nada Sobre Meus Defeitos
Eu Nem Me Lembro Mais
Quem Me Deixou Assim
Hoje Eu Quero Apenas
Uma Pausa De Mil Compassos
Para Ver As Meninas
E Nada Mais Nos Braços
Só Esse Amor Assim Descontraído
Quem Sabe De Tudo Não Fale
Quem Não Sabe Nada Se Cale
Se For Preciso Eu Repito
Porque Hoje Eu Vou Fazer
A Meu Jeito Eu Vou Fazer
Um Samba Pro Infinito.

Sean Hagen disse...

*



imaginei uma pantera negra, silênciosa, pronta a pular sobre a presa.

não posso negar que admiro bichos assim.
mas de longe, onde sei que eles não vão me atacar pelas costas.




*

Lu disse...

Acho que tu vai gostar!!

http://bp2.blogger.com/_-RbfgFEYcis/RtwfEFScn-I/AAAAAAAAATI/89LoaNSm9X8/s1600-h/Pintinho.jpg

Piu,piu pra ti!

cris disse...

Achei tão bonito isso...

: )