15 julho 2008

espetequeado

aí a pessoa compra um outro rímel, porque o antigo tá fazendo roc-roc quando entra e sai do tubinho. quer dizer, rímel não, que agora o trocinho se chama máscara para cílios, fazfavor.

a pessoa é possuída por muitas dúvidas, tipo um médium caboclo. diante de uma estante recheada de muitas possibilidades, a pessoa se pergunta pra que tanta variedade. e exerce o primeiro direito constitucional do livre-arbítrio: o preço. tem mesmo quem pague 70 reais por um tubinho de pasta preta? dúvidas que sempre me assaltam.

e aí: à prova d’água ou não? a pessoa se pergunta se pretende chorar muito, porque chorar em público é mais caro. e se chorar só um pouquinho, não é charmoso aquele borradinho emo? dúvidas etc. a pessoa faz umas projeções e verifica se vai se apaixonar nas próximas semanas, por exemplo, e se isso vai causar dor. é, melhor comprar à prova d’água.

aproveita o embalo e pega um gloss. não é batom, é gloss. fazfavor. boca brilhando é o que há, ajuda a ser localizada entre os gatos pardos etc. vai pra fila do caixa. é furada descaradamente por uma senhoura com pacotes de tintura de cabelo. eu disse pacotes, no plural. a pessoa finge que não vê e já pensa que o rímel tá valendo, porque estas coisas dão vontade de chorar.

corta. take 25, a pessoa na frente do espelho. depois de uma longa e brava luta para abrir o pacotinho – lacram estas porcarias com que cola, deus? –, a criatura abre, com emoção descontrolada, o novo tubinho. confirma que é debilóide e fica ouvindo atentamente. não faz roc-roc. faz spleeetsh. ah, que maravilha. sorrisinho de oba. passa nos cílios do olho direito. dá uma piscadinha. hmm. uma certa dificuldade para abrir. mas a capinha não prometia dar volume? tá. vai ver que precisa uma segunda demão. passa mais um pouquinho. pisca. hmmmmm. os cílios colam. os de cima nos de baixo, quero dizer. a pessoa não acredita.

e agora, Lênin, o que fazer? passar no outro olho e ficar em casa, de olhos bem fechados? tipo, uma nova experiência sensorial? não. a pessoa tem a força. abre o olho rápido, pra não dar tempo do olho pensar. passa no outro olho rápido e pisca rápido, pra não dar tempo de colar. e sai meio arregalada, rezando por uma choradinha pra aliviar o espetequeamento ciliar.

11 comentários:

Ana disse...

Heheheh!
Isso foi um tormento!!
Imagino se tu tivesse que usar Curvex!!

-> http://www.youtube.com/watch?v=Bm6yXO4UWC0&eurl=http://truquesdemaquiagem.blogspot.com/2007/12/curvex-como-usar.html

Vi este vídeo, outro dia, e achei fantástico!

Hein??

clarissa disse...

rímel bom é rímel na metade do tubo, quando ainda não tá no roc-roc, mas também não empasta.
(falou aqui a SUMIDADE no rímel, só uso em casamento)

Reges Schwaab disse...

essas coisa di maquilagi é complicado.
eu não entendo como vocês conseguem passar isso no olho.
mas fica bonito. e já que conseguem, podem continuar.

Carmencita Gorgeousness - geleiairreal.wordpress.com disse...

Por que você anda me mandando convitinhos no Twitter se exclui meus comentários daqui?

Um grande beijinho!

venuss disse...

erro número 1: depois de passar rímel-máscara-de-cílios não podes piscar de jeito maneira por uns 60 segundos, porque o troço gruda mesmo. Rímel novo então, podes dobrar o tempo. Rímel à prova d'água podes triplicar. Rímel novo, à prova d'água, e com efeito extra volume acho melhor deixar o olho aberto por uma meia hora, no mínimo.

erro número 2: tu gasta mais pra comprar um rímel a prova dágua e vai gastar muitas vezes mais pra comprar um demaquilante que tire a goma preta dos cílios. Pq se for tentar com demaquilante comum, corre o risco de ficar desciliada. Se for apelar pra sabonete, então, os pelinhos caem aos tufos. E, pra piorar a situação tu investe num demaquilante que diz retirar a tal maquiagem à prova d'água. Decide não comprar nem o mais caro (mais de 150,00) nem o mais barato e descobre que ele tira sim o rímel, mas depois de esfregar muito e deixar o olho puta irritado. Tu, mais irritada que o olho, então tens que tomar a pior decisão da vida: abandonar o lindo rímel à prova d'água da Lancôme que deixa as pestanas lindas, ou te rende e compra o super demaquilante da Lancôme, o único que consegue retirar o produto por completo num piscar de olhos. Só que tb custa os olhos da cara.
Ó céus, ó vida.

(Papo mulherzinha extrapolando os limites do Calçolas)

Penkala disse...

avon.

não gruda. não sai no banho (durante dois ou três dias tu fica MAQUIADA). não borra. não faz roc roc e ainda dá aquele volumão.

mas se não desse, também, por menos de 10 pilas tá valendo, néam?

(te imagino, pintinha, de olho arregalado andando pela casa fazendo abanadinhas com a mão na frente fos olhos feito as misses quando vão chorar. merecia FOTO isso)

Marcia disse...

ANA,
imagina eu, que só tenho uma mão esquerda, usando curvex.
não, não imagina.

CLARISSA,
eu só uso quando lembro.
e eu só lembro quando compro um novo.

REGES,
tu acha, é?
hum.
tá.
(homens...)

CARMENCITA,
me diz aí o que vc bebeu, que eu quero um pouquinho.
DAONDE que eu excluí comentário teu? DAONDE?
:~

VENUSS,
deus do céu.
vou arquivar.

PENKA,
na hora eu pensei: putz, devia ter fotografado.
mas não dava pra olhar direito.
não dava.

Carmencita Gorgeousness - geleiairreal.wordpress.com disse...

Ai, querida. Você sabe que eu sou fraca para bebida. Até precisei arquivar momentaneamente meu projeto de leitura da sorte nas bolhinhas de espumante.

Mas o que eu costumo tomar é um coquetel de Citalopram sabor frutilla del bosque. Leva água trazida do Atacama, que é rica em minerais etéreos, como o lítio.

Mas em breve vou aperfeiçoar a receita. Passarei a usar Carmencitalopram.
Tem ainda menos efeitos co-colaterais e eu posso bailar à vontade e tranqüila.

Ah! Estava pensado se suas peninhas amarelinhas são tão aromática como a texturas das flores de uma acácia mimosa...

Um grande beijinho!

Carmencita Gorgeousness - geleiairreal.wordpress.com disse...

aromáticas

Maroto disse...

Mais um post educativo da Pinta - mais bacana ainda porque é ensino construtivista. A gente aprende com a dona do blog e com os colegas comentadores. Além do mais, tudo indica que a dona do blog provavelmente também não sabia tantas coisas sobre Encore, Lancôme e Avon. Eu não sabia e agora estou morrendo de medo de esse conhecimento todo me transformar em outra ave :o

Leonardo disse...

o melhor de tudo é ouvir mulher dizendo que se produz toda para ficar bonita "prá mim mesma!"