17 agosto 2008

porre

é sempre bom ter eleições. significa que vivemos numa democracia (rá-rá-rá). mas algumas coisas me irritam profundamente:

1. os carros de som (muuuiiiiiitos decibéis de som) que andam pela cidade com musiquinhas e slogans infames;
2. minha caixa de e-mail abarrotada de propaganda que não quero receber;
3. a cidade com trânsito engarrafado por causa do recapeamento do asfalto que o Fogaça, assim, sutilmente (néam?), decidiu fazer agora, três meses antes da eleição;
4. a cobertura da Zero Hora, que não entra no que interessa: as propostas, os compromissos de bastidores dos candidatos, a discussão sobre o futuro da cidade.

o prefeito mora numa casa de três andares, dança com a filha e tem um cachorro? tá. e-da-í?

4 comentários:

Maroto disse...

meu voto pra prefeito ainda não decidi, mas pra vereador desenvolvi um método infalível. Trabalhoso, mas funciona: vou anotar o nome de cada canalha que paga carro de som pra invadir o sossego alheio: quem quer um vereador que não respeita os direitos dos outros? Também vou anotar o nome de cada imbecil que imprime essas filipetas, cartazes e afins. Todos horríveis, atestando uma incompetência dos designers e impressores que tem toda cara de nepotismo ou coisa que o valha. No mínimo falta de discernimento. O descaso com o meio ambiente é evidentemente outra caracteristica indesejável num vereador.
No dia da eleição, comparo minha lista com a lista dos candidatos. Deve haver um herói que não vai estar na minha - é dele o meu voto.

Helô disse...

quisera eu ter teu otimismo... acho que não sobra ninguém :(

mas vou seguir tua estratégia - não tenho que pagar copiraite, tenho?

gracias pela leitura sempre instigante.

Graziana disse...

a cobertura da zero hora continua igual, misto de revista caras e quem... voltaram a utilizar os carros de som né...será mais barato? irritante é....

Léli disse...

Pois é, aqui em Pelotas a situação é bem parecida, com o detalhe que as ruas não chegam a engarrafar tanto. Mas o restante da crítica vale pra Porto, pra Pelotas e pro Brasil. E hoje começam as infames propagandas eleitorais. valha-me Nossa Senhora!