10 maio 2006

hmmmmm

ah, o mundo virtual. ah, os formulários eletrônicos. báites, megabáites, gigabáites. basta clicar e inserir seus dados, anexar o arquivo e enviar a proposta. ah, que maravilha. você sua bicas fazendo um projeto de pesquisa. justificativa, relevância, objetivos, metodologia. custos, cronograma, equipe, bibliografia. relação entre teoria e método, estado da arte, dados, notas de rodapé, abnt, tradução, suor, suor, suor. mas depois, na hora de entrar no edital do CNPq para talvez obter recursos, é bem fácil. basta clicar e inserir seus dados, anexar o arquivo e enviar a proposta. ah.

e então o mundo real substitui o mundo virtual. você insere a valorosa equipe, os dados, o resumo de 4.000 caracteres, anexa o arquivo, cria as palavras-chave, repete os custos. alto poder de concentração, afinal isto é importante. está pronto. você clica na opção “salvar”, por via das dúvidas, sabe como é. e, ironicamente, todo o trabalho se perde.

tá, tá, sistemas são assim mesmo. você faz tudo de novo. ainda está de bom humor, vamos lá. a equipe merece, a ufrgs merece, você merece. você refaz todo o processo. e envia. hmmmmm. erro. um pesquisador sumiu. o sistema avisa que você deve cadastrá-lo. certo. você volta para recadastrar o pesquisador que o sistema assassinou de maneira torpe e dissimulada. tenta enviar de novo. o sistema avisa que você deve inserir o título do projeto. ah, o título. ele comeu o título. começa a parecer piada, piu piu piu.

você recoloca o título. e percebe que o arquivo atachado desapareceu. hmmmmm. será que o arquivo estava no bolso do pesquisador degolado? você anexa o arquivo da pesquisa novamente. e envia a proposta. as costas doem, e o humor já está um pouquinho diferente. hmmmmm. erro. o outro pesquisador foi dar uma voltinha. o sistema avisa que você deve cadastrá-lo.

não há muito o que fazer a não ser começar tudo de novo e ressuscitar o segundo pesquisador. respiração boca a boca. massagem peitoral. choquinho. e vamos de novo. a equipe merece etc. você envia a proposta pela vigésima vez. hmmmmm. erro. o sistema pede para você excluir o quarto pesquisador, cujos dados estão incompletos. mas que quarto pesquisador, catzo? somos três. um, dois, três. one, two, three. este sistema está de sacanagem.

depois de literais três horas diante do computador tentando fazer o mesmo processo, você consegue enviar a proposta de pesquisa ao CNPq. e, ao final, uma mensagem em vermelho avisa que houve, hmmmmm, você sabe.

amanhã é outro dia, parece. e sempre existe a mega-sena.

5 comentários:

Sean Hagen disse...

*

ninguém acertou a mega.
tudo acumulado outra vez.
mas uma quina já deve dar um dinheirinho bom pra rodar por aí.
saiu uma quininha aí?



*

marcia disse...

um único numerozinho.
obviamente, no cartão aquele de olhos bem fechados.

Adri Amaral disse...

ahhhh eu odeio lattes e sistema de formulários.....

Tattiana disse...

he,he e o pior é quando depois de tudo isto, seu computador avisa que está faltando a última atualização do Java, você baixa, faz o programa rodar, teste, comemora, tenta de novo e....nada. Solução ? Sair a não sei que horas, com um mísero disquete embaixo do braço, atrás de um cibercafé para mandar a proposta que aliás, nem é sua. Ah, o amor !!! (rs)

marcia disse...

ah, o amor. que graça teria a ciência sem o amor?