18 maio 2006

língua solta

para que gastar dinheiro com livros de ficção, quando a vida real é muito mais inacreditável? logo às 7 horas, quando acessei a Folha de São Paulo na rotina matinal, lá estava a doce manchete: Lembo culpa “elite branca” por violência. uau.

o governador de São Paulo concedeu uma das entrevistas mais língua-solta que vi na minha vida. tá certo que quem perguntava era Mônica Bérgamo, de reconhecido talento para arrancar declarações impressionantes dos incautos. ainda assim, Cláudio Lembo é um político, é do PFL, é macaco velho e, bem, é governador. nunca pensei.

acho que ele estava possuído. incorporou o espírito da Miss Piggy e destravou a língua. debochou do Alckmin, que só telefonou duas vezes durante a onda de violência comandada pelo PCC. entregou que o Serra não ligou. chamou o Fernando Henrique de desinformado e disse que ele podia “ter ficado silencioso”. isso tudo porque PSDB e PFL estão fechando uma coligação à presidência, como sabemos.

como sociólogo, foi um grande piadista. disse que o crime organizado se alimentava “do consumidor de drogas” — do que, aliás, ninguém duvida. quando a repórter disse “E da miséria...”, respondeu: “Talvez no Brasil tenha esse componente também”. ah, sim, talvez sim.

e então baixou o espírito da Rosa Luxemburgo, e ele descambou. “Nós temos uma burguesia muito má, uma minoria branca muito perversa”. estava irritadíssimo com os famosos que tinham dado entrevista para a Folha no dia anterior. “Não há nada mais dramático do que as entrevistas da Folha desta quarta-feira. Na sua linda casa, dizem que vão sair às ruas fazendo protesto. Vai fazer protesto nada! Vai é para o melhor restaurante cinco estrelas junto com outras figuras da política brasileira fazer o bom jantar. Nossa burguesia devia é ficar quietinha e pensar muito no que ela fez para este país”. uau. “O que eu vi (nas entrevistas) foram dondocas de São Paulo dizendo coisinhas lindas. Não podiam dizer tanta tolice”. uau.

assim não dá. nem no PFL se pode confiar mais. piu.

3 comentários:

Thelma disse...

Vem logo!! Mas vem no inverno, se possível. Parece que o calor madrilenho é insuportável. Te espero com alegria e prazer. Uma pinta dentro do ovo. Maravilhoso!

Sean Hagen disse...

*

temos que pensar rapidamente umanova forma de fazer e apresentar as notícias. sem "realidade", onde fica o jornalismo?
ou será que já estamos na matrix?

*

Aluizio Amorim disse...

É, realmente o Lembo endoidou. Contaminado pela escumalha do PT, adotou o (argh!) politicamente correto. E tascou contra a burguesia decadente. Hora dessas o Dirceu chama ele para integrar a quadrilha.
Agora, falando sério: o que falta é descer o sarrafo valendo nessa bandidagem.

Aluízio Amorim
http://oquepensaaluizio.zip.net