23 maio 2007

Ruben

ele torce pro Inter. mentira, ele sofre pelo Inter. xinga o juiz, o bandeirinha, a mãe do bandeirinha e, se bobear, sobra até pro gandula. diz um “mas até eu fazia este, tchê!!!” a cada gol perdido, o que nos últimos tempos tem significado um “tchê” atrás do outro.

seus churrascos são memoráveis, embora ele não se conforme muito com meu gosto por um vazio mal passado. faz um lombinho de revirar os olhinhos, de tão bom. e se diverte naquela churrasqueira, o que é ainda melhor. ou naquelas churrasqueiras, pois tem uma em cada canto onde foi possível construir uma.

é um grande ortodontista, agora lentamente se despedindo de uma carreira de sucesso. foi um grande presidente de clube, líder em seu grupo de amigos, sempre agregador, articulador de belos discursos e, claro, de boas festas.

é o famoso pé-de-valsa e se sacode em qualquer ritmo. aliás, ritmo não falta para aquele corpo, nem ouvido de músico. cresci ouvindo o som de um cavaquinho, e um velho violão preto de quatro cordas que ele tocava de vez em quando, acompanhado de um vozeirão à la Nelson Gonçalves. as fotos não mentem. a que eu mais gosto mostra aquele jovem magrinho mandando ver na bateria, no conjunto em que se apresentava nos finais de semana.

sempre assobiou enquanto fazia a barba. assobiar é modo de dizer. tocava e ainda toca, naquele biquinho passarinhesco, longas melodias. praticamente um rouxinol.

ele quis ser professor de história, radialista, cantor, astrônomo. entende tudo de estrelas, fala de história antiga e adora ouvir rádio. gosta de tango. gosta de clássicos ao piano. na TV, seu repertório é escolhido a dedo: futebol, de todos os países. não importa quem esteja jogando, nem se é ao vivo ou reprise. se tiver bola rolando, ele pára pra ver. além disso, os terríveis debates sobre futebol. jornalismo, de tudo que é tipo. e a tenebrosa Zorra Total, pois é.

você quer saber se vai chover? nevar? se aquele ventinho vai virar vento norte? pergunte para ele. basta olhar para as nuvens, ele diz o que vai acontecer. ele não erra nunca. suponho que tenha engolido um barômetro quando criança.

você quer parceria para um vinho? uma cervejinha bem gelada? encontrou um companheiro. e, se depender da aparência física e dos raríssimos cabelos brancos, sou obrigada a reconhecer que deve haver alguma relação entre um bom vinho e a conservação da espécie. não é teoria, é observação empírica.

o que eu sei é que, nestes tantos anos de vida – que eu não digo quantos são para não apanhar, pois nenhum pai é mais vaidoso que o meu –, houve momentos em que ele duvidou da minha autonomia e da minha capacidade de escolher meus próprios caminhos, mas nunca permitiu que nossas diferenças fossem maiores do que a admiração mútua que sempre foi a marca da nossa relação. se tenho personalidade, serenidade e comportamento ético, devo muito ao Ruben.

sei bem o que senti quando fui acompanhá-lo em uma homenagem que ele recebeu da Associação Gaúcha de Ortodontia, um tempo atrás, por uma carreira totalmente ética. se ele me deu amor, presentes, estudos e possibilidades, isso valeu muito. mas o exemplo, em quem é possível se mirar para ser alguém na vida, em um mundo tão cheio de pessoas sem valores, isto vale mais do que qualquer coisa que se possa medir.

hoje o Ruben está de aniversário. é, a família adora fazer aniversário emboladinho, em maio. não vou poder filar a janta de comemoração. mas, mesmo longe, vou dar um jeitinho de fazer um brinde, para garantir a conservação da espécie.

11 comentários:

La Carmencita disse...

¡Enhorabuena!

Você acha que Ruben é um nome singular ou plural?

Um grande beijinho!

Sean Hagen disse...

*




Ruben é um dos melhores papos que já conheci. daqueles que te envolve na coversa, que te faz falar mais, que te faz se sentir "em casa".

tem uma camaradagem exemplar, talvez por isso não dá conta de tantos amigos.

agora, o que dá raiva é olhar pra ele e ver um bigode preto, irretocável, em contraste com o meu quase branco. sem falar no cabelo.
mas nessas horas ele deixa a camaradagem de lado.
e não dá a fórmula do sucesso.
falha grave.




*

Rosamaria disse...

Márcia, Márcia...teu pai deve ter um orgulho danado por ter uma filha como tu!

Parabéns pra ele! Que continue por muitos anos torcendo pelo Inter, cantando, assobiando, ouvindo e tocando as músicas que ele gosta, tomando vinho, fazendo churrasco e dando o bom exemplo pras próximas gerações.

Bjão.

Maroto disse...

é, Electra, eu qdo falo do meu pai também nem consigo ser patife. Parabéns!

Graziana disse...

parabéns pro teu pai!!!
minha mãe andou fazendo aniver agora pouco, tourina :D como seu pai ;)
pela descrição parece uma pessoa incrivel, por isso que tem uma filha tão bacana e especial ;)
beijocas

Leonardo disse...

Mulher sortuda e merecedora, mande um beijo pro paizão!

Adriana disse...

Parabens ao pai e a filha que aproveitou toda esta filosofia de vida para o seu dia a dia, baseado em respito, confiança e amor.
Ser pai e exatamente isto, confiar em nossos filhos mesmo qdo nao pensamos e queremos iual, ser pai e nao querer que nossos filhos vivam os nossos sonhos e sim seus proprios sonhos, e om certeza o seu pai conseguiu isto.
Parabens ao seu pai e vid amuito longa...
beijinhos carinhosos do outro lado do oceano

Anônimo disse...

Descreveste seu pai de uma forma que pelo pouco que o conheço, consegui imaginá-lo perfeitamente. Ele realmente é uma pessoa muito doce, simpática e passa uma sensação muito boa pra quem o conhece. Dizem que além da nossa essência, temos um pouco de cada um dos nossos pais, então com certeza tens pais maravilhosos. Parabéns!

ederson disse...

e eu aqui, tendo problemas burocráticos e metafícos com o meu pai...

Ana disse...

Hum... Agora que eu entendi porque tu és uma Pintinha tão especial...

Muita saúde e muitos anos de vida pro teu pai! Com muitas alegrias!

Penkala disse...

engraçado como pais e mães da gente podem ser pessoas completamente diferentes da gente... e continuam, ainda assim, sendo aquelas pra quem a gente deve tudo.

lembrei do meu pai, outro que é O CHURRASQUEIRO... mesmo que eu não coma carne eu vivo falando isso...

parabéns pro teu (o meu faz daqui a pouco também) e feliz de quem tem pais assim, que são os nossos heróis.