22 setembro 2007

a autenticidade da Lu


foto e mão de Sean Hagen

ganhei da Lu uma pintinha em crochê. veio em um envelopinho, impresso com dezenas de piu piu piu piu. chegou em um daqueles nebulosos dias de ardis e teve o poder de me abrir o amarelo.

admiro quem tece, trama, esculpe, pinta. são talentos que não possuo. quando ganho um presente assim, tão particular, ele revela um pensamento e um tempo que me comovem. o que pode ser mais caro, a alguém, que o tempo que dedica?

o mundo é tolo e vivemos cercados de gente disposta a qualquer coisa para subir uns pontos naquilo que considera importante: seu currículo, sua conta bancária, seu próprio espelho. mas existe um lugar, no mundo, habitado por gente que tem outras medidas.

esta pintinha fofa, delicada e patife me diz muita coisa. sobre a vida e a expressão criativa. sobre o valor do tempo. e, especialmente, sobre medidas e não-medidas: as medidas do que importa e as não-medidas de ser autêntico. ah, como é deliciosa a não-medida de ser autêntico.

20 comentários:

Penkala disse...

são esses os presentes que mais me satisfazem. os que demonstram o tempo gasto pela pessoa em dedicação a te agradar. uma comida, um origami, um bilhete num papel de pão, um bonequinho de papel, um pintinho de croché.

como na maioria das vezes, assino embaixo desse teu texto.

Maroto disse...

putz, que presente mais bem pensado, bem feito, bem presenteado. Quando alguém nos dá um presente assim, a gente sabe que é querido de verdade. Parabéns para você, por merecer uma coisa tão perfeita, e para a Lu, por saber fazer e saber dar.

Passada a comoção, vou correndo comprar umas linhas pretas pra fazer um urubuzinho e dizer que alguém me deu. A inveja é uma merda, né?

Lu disse...

Uau que surpresa!!!
Confesso que eu me emocionei ao ler teu texto maravilhoso e verdadeiro como sempre(precisa mais talento que isso?)e a minha criação aí na mão do Sean.
O que realmente importa pra mim é este desprendimento em fazer e doar. Quando comecei a produzir algumas coisas em croche, trico e bijous, minha intenção era de vender. Vendi algumas claro, que um dimdim extra é muito bom, mas a grande maioria acabei dando de presente pra alguém.
A satisfação de quem recebe, pra mim, vale muito mais que qualquer dinheiro.
Foi meu primeiro pintinho e ele ficou muito fofo mesmo né? Cuida bem dele.hehehehe.....

Bjs

marcia disse...

PENKALA,
nem te conto sobre os presentes que mais gostei de ganhar na vida. mas é bem por aí. :)

MAROTINHA,
eu só não me ofereço para fazer o teu urubuzinho de crochê porque no final sairia um crocodilo, um tamanduá ou um elefante de oito pernas. :P

LU,
eu cuido direitinho. mas eu tô preocupada. ele não pia!!!!

Rosamaria disse...

que bu-ni-ti-nhu!!!!! a Lu é mesmo criativa. ele ainda não pia pq é muito pequininhu.

lendo as linhas da mão do Sean, a Maria Antônia disse que ele vai ter vida longa, vai ser muito rico e que tem um grande amor. essa guria é um assombro!!! espero que tenha acertado!

piu, piu.

carmen abreu disse...

uma graça e realmente um presente especial e carinhoso. muito bom ver esses gestos! parabéns as duas1
bjs

Clélia Riquino disse...

Mas cumé qu'ocês sabem que é a mão do Sean??? Fiquei intrigada...

Clélia Riquino disse...

Ah, delicadíssimo o pintinho, Lu!

Clélia Riquino disse...

Ops, só agora li a legenda da foto. Falha minha, pessoal! Fui direto ao texto...
bjos

Graziana disse...

ficou lindo mesmo!
vi ao vivo, a Lu me mostrou e logo lembrei que você ia adorar, dai ela me disse que fez pra vc :)
e ela é um amor, talentosa!

Débora Elman disse...

Que inveja da LU. Não sei fazer nenhum trabalho manual.O máximo que saiu foi aquelas mantas de tricô de um ponto corrido.De chorar. Mas a pinta pia, sim, Marcia.Prestenção, como diria a Penkala.

Nana disse...

Presentes sempre são especiais, independente do que e de quem, mas realmente concordo com a Marcia quando se trata de algo feito com tanto carinho e com tanta capacidade e destreza manual. Digo isso porque sou completamente incapaz de algo desse tipo e me considero uma analfabeta em trabalhos manuais. parabéns para Lu e fico imaginando tua expressão quando ganhaste este pinto, que com certeza piará! bjs

Carmencita disse...

“talentos que não possuo

Bem moderno, por sinal, ser proprietária de talentos.

Há gente que apenas tem talento.

maristela disse...

ah, agora vou reinvindicar meu papel de madrinha nessa história - há tempos vi o pintinho (esse aí, calma!) e disse que tu irias adorar. pronto, a egoísta falou! mas ela faz coisas lindas.
já tive meus tempos, mas a tal de cervical não me deixa mais.
bj

LU K. disse...

MÁRCIA, VI A FOTO AÍ EMBAIXO E ACHEI ÓTIMA. MAS OLHA ESSA AQUI! É MUITO BOA!!!!

http://portanews.blogspot.com/2007/09/pessimismo-reforado.html

Quanto ao pintinho... muito fofo. Amo presentinhos autênticos e de coração!

Karine disse...

Olá,

Estamos realizando uma pesquisa sobre conteúdos pessoais na internet. O resultado deste estudo irá contribuir para a produção de conhecimento psicológico sobre processos de desenvolvimento de identidade.
Gostaríamos de convidá-lo a conhecer as questões que abordamos e pedimos para as pessoas responderem. Para tal, encaminhe seu e-mail para pesquisa_internet@yahoo.com.br.
Caso, após ver as questões, você tenha interesse em participar, pedimos para nos encaminhar sua contribuição através do mesmo e-mail.
Asseguramos o anonimato de todos os participantes e nos comprometemos em encaminhar os resultados finais deste trabalho como uma forma de devolução.
Desde já agradecemos a atenção e colocamo-nos à sua disposição para responder a dúvidas e/ou receber sugestões.

Gratas,
Karine Puntel e
Daniela Benites

Lafec – Laboratório de Fenomenologia e Cognição
Instituto de Psicologia - UFRGS

Thelma disse...

Que lindinhas, a Lu e a pintinha!!!!

Ana disse...

Muito bom ser acarinhada, presenteada, surpreendida... Já experimentei esta sensação e a Lu também foi a "culpada"! Ela é muito doce e generosa... É emocionante, raro encontrar pessoas assim!
Lindo teu post, Pintinha!
Linda pintinha, Lu!!

venuss disse...

que graça essa pinta!
dá vontade de adotar.

Sean Hagen disse...

*




ROSA
se a Maria Antonia errar, eu processo ela, juro que processo.
ela tem até o final do ano pra isso se concretizar.






*