05 janeiro 2008

Caravaggio

veja o dramático barroco de Caravaggio. as sombras de seu interior turbulento, as luzes cenográficas, a expressão realista do que é humano. ao som da belíssima Lacrimosa, de Zbigniew Preisner.

3 comentários:

Maroto disse...

acho estranho esse negócio de fazer vídeo com pinturas. Fade in, fade out, eu sempre escolheria outra música. Enfim, mais uma opinião conservadora - estou ficando velha mesmo

marcia disse...

estranho é uma pinta responder a um urubu numa caixa de comentários de blog. :P

Carlos Eduardo Carrion disse...

Simplesmente maravilhoso!!! Nestas horas me convenço de que "no creo en brujas, pero que las hay, las hay. Tanto no Caravaggio, como no Portrai of a Lady, a gente sente uma uma força que jorra das imagens reforçada pelo fundo musical. Poderia ser outra música, evidenment, mas o atiçamento de vida que estes quadros passam a ter apenas teriam um outro enfoque. No Caravaggio, uma fundo musical mais fúnebre, mais terrível mudaria o enfoque que este, dolorido, depressivo, exalta, mas a obra sensacional (de despertar sensações) continuaria a ser uma grande obra.