16 maio 2006

a vida dói



estão abertas até 10 de julho as inscrições para duas bolsas da Fundação Iberê Camargo. uma é de três meses no Art Institut of Chicago, a outra é de dois meses no Espaço El Basilisco, na Argentina. o regulamento está aqui. e o lado adorniano do meu coração está com Iberê, cujo tormento sempre admirei. Iberê dizia que “a vida dói”. e manifestou o que doía em suas cores fortes e suas figuras disformes.

4 comentários:

Sean Hagen disse...

*


as bolsas eu gosto.
do iberê, não.



*

marcia disse...

eu gosto, tanto da obra quanto do pensamento. a forma como ele narra as figuras de sua última fase, as Idiotas, é de grande teor poético.

Victor Gentilli disse...

Faça tudo pra ir. Não deixe de batalhar por esta bolsa, sua adorniana.


Bom, caso alguma coisa der errado e a bolsa não sair, vem aqui em casa. Na sala, tem um Iberê na parede. (que vergonha, colocar um Iberê na sala)

Tem tambpém Tomie Ohtake, Oscar Niemeyer, Renina Katz e outros...

marcia disse...

vitinho, eu não sei desenhar nada além de homens-palito e patinhos na lagoa. mas adoraria morar dois meses em Buenos Aires, por supuesto.

deve ser bom ter um Iberê na ala adorniana da sala.