29 janeiro 2007

relicário

um dia, assim, você acorda e está diferente. sem explicação. você apenas está. já não vê certas coisas do mesmo jeito. você dizia “eu não ligo”, e agora liga. você dizia “isso eu não faço”, e agora se pega querendo fazer. você pensa em lugares que não estavam no seu roteiro. imagina coisas que não vão acontecer. não, não vão.

estas sensações que não conseguimos nominar são sempre tão severas. fincam, fincam. quem te entendia já não entende mais. não sabe, não vê. deixou de te ler. apenas não está. foi embora?

“o que está acontecendo? o mundo está ao contrário e ninguém reparou?”, pergunta Cássia Eller, “por que você está fazendo assim?”. e então você pensa: “nada que uma keep cooler bem gelada não resolva”. porque, de repente, você liga. você passou a ligar.

21 comentários:

cida disse...

São as peninhas mudando. Ainda bem que nada é estático.

Bons ventos e muita tolerância pra essa nova percepção, pintinha.

Sean Hagen disse...

*



noites mal dormidas não influeciam nessa decisão?



*

Ana disse...

Um brinde às mudanças!
Uma Keep Cooler bem gelada sempre cai bem!

Graziana disse...

esta música é fantástica... bom pra embalar dias de mudanças :)
e um keep cooler bem gelado é ótimo!!! pêssego ou morango?

Maroto disse...

nós, aves, em fase de mutação sempre ficamos com um certo medo do que vai sair do outro lado, né?

Leonardo disse...

...

> [ eRRuD!tO ] ... disse...

Keep cooler bem gelada: \o/

Aleksandra Pereira disse...

A gente muda e já é difícil de aceitar, imagina então quando as pessoas mudam? Dá pra gente entender, ainda mais se mudam não do jeito que queríamos?

Difícil é entender isso tudo e ainda crescer nessa confusão...

beijo

Nanachara C. disse...

... tudo está ao contrário, e ninguém reparou!

La Carmencita disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rosamaria disse...

pinta, keep cooler é boooommm! principalmente nessas horas...

Gui disse...

Penso que o legal de viver é estar um constante mudança.

Está mutabilidade de tudo na vida é fantástica.

Além disso é interessante pensar sempre na efemeridade e fugacidade das coisas, penso que tendo conhecimento desta realidade consequiremos obter um melhor entendimento da vida. :p

Carpe Diem!

P.S.: Relicário é uma bela música. Mas quem compôs ela foi o Nando Reis. [só exercitando minha "chatissê"]

La Carmencita disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Vivien disse...

Adorei esse post.;0)

Sean Hagen disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Sean Hagen disse...

*


o mundo dos magoados é feito de reticências, de elipses, da ironia que esconde a incapacidade de viver, ser, sentir.

as reticências, na verdade, preenchem uma falta. e no lugar daquilo que não se tem - interação, amizade, alteridade, companheirismo -, a ilusão de destruir o que o outro tem ganha forma.

é um espelho, que apontado pra dentro, só mostra oquidão.

tenho profunda pena de quem sofre, mas retroalimenta a própria dor.

triste e desesperador.



*

Rodolfo De Carli disse...

concordo com os comentários do sean. noites mal dormidas às vezes influenciam.
essas mudanças são importantes desde que sejam para melhor.

a propósito. FuiNHà iS BaCK.

Camu disse...

Às vezes dá uma vontade de poder ter controle tudo, né?! mas, não dá! Não teria "graça"!
Beijoca

Sean Hagen disse...

*


só pra devolver o nexo às coisas:
o meu último post é uma resposta a alguém que resolveu sair pela tangente e apagar o que escreveu.



*

marcia disse...

hahahahaha... eu não tinha visto a borrachinha mágica!!!!

Rodolfo De Carli disse...

quem apagou?
boiei...