12 novembro 2007

o Mesmo


Lucian Freud

o Mesmo e o Outro são os personagens de uma história que acaba sempre igual. por mais virtudes que o Outro tenha, o Mesmo tem a maior vantagem: com ele, nada se move. quem escolhe, agarra-se aos conhecidos defeitinhos do Mesmo para argumentar contra o imponderável que o Outro representa.


não importa o quanto o mundo gira e as idéias brilham, as cadeirinhas vão sendo sempre ocupadas pelo Mesmo. e o Mesmo é mantido em seu lugar, dizendo a todos que nada vai mudar – ainda que mudar significasse mudar para melhor.

14 comentários:

Maroto disse...

tem até lei que proíbe entrar no elevador sem ter certeza que o Mesmo encontra-se naquele andar!

Carmencita Mahadevi disse...

Maravilha!

Desse jeito, periga você ser convidada para dar autógrafos na Feira do Blog.

Um grande beijinho!

Lu disse...

E o Mesmo é uma merda. Sempre.

Laurinha disse...

Carmencita, isso aí!

Ia comentar que esse post certamente é perfeito pra estrelar como carro chefe da nossa pintinha entre os 'senhores do Bairro' - uma coleção que a Marcia apresentou no blog há algum tempo, e pela qual me apaixonei!!

Vamos lutar por isso?..
Nova moradora do Bairro: Sra Pinta Benetti! :)

Carlos Eduardo Carrion disse...

É, o mesmo nos mantém numa falsa segurança. Como o conhecemos, por pior que seja, o imaginamos sem surpresas. Portanto poderemos nele ser eternos.

Carmencita Mahadevi disse...

Será que a Pinta mora na Ilha da Pintada?

A propósito, com um pintura tão linda como a que ilustra esta postagem, marcador não poderia ser esse. Devia ser: filosofia de restaurante chique & posh.

Um grande beijinho!

Carmencita Mahadevi disse...

o marcador

Carmencita Mahadevi disse...

uma pintura

Leonardo disse...

foi é?

Graziana disse...

puxa, é isso aí mesmo...

Rosamaria disse...

tô por fora!

maristela disse...

Pinta. Ser o Outro é que é o "pobrema". bj

Eu não sei, você sabe? disse...

Pinta, tão apropriado seu post! E tão bem escrito! Cabe para um rei ou para uma empregada doméstica, um problema que particularmente pega mais no meu calo:(!

beijo!

Sean Hagen disse...

*




eu tenho uma solução rápida pro mesmo: foda-se.





*